03 filmes de empreendedores para te inspirar

Você empresário ou empreendedor, que tal se inspirar de uma forma leve e descontraída?

Tem forma melhor de aprender que se divertindo? Filmes de empreendedores e documentários sobre o tema são excelentes formas de contar histórias de sucesso, mostrar as dificuldades que um empreendimento pode enfrentar, e principalmente, passar mensagens que servirão como inspiração para muitas pessoas.

Títulos famosos mostram o quão árduo é a caminhada de vários empresários desde o início até a sucesso, e muitos servem como exemplo de superação, garra e vontade de fazer algo acontecer. Afinal, antes de dar certo, muitas vezes um empreendedor passa por verdadeiras provações ao longo de sua vida.

Diante disso, nós da Avanti RH, trouxemos hoje 03 dicas de filmes para você se inspirar. Acompanhe!

 

1 – Fome de poder

Um clássico, neste filme, os irmãos McDonald tinham um negócio inovador, mas não estavam dispostos a expandir. Quem elaborou o plano foi Ray Kroc, que insistia em levar o negócio para todo o território dos Estados Unidos.

A jornada não foi fácil, e os personagens tomaram boas e péssimas decisões até chegarem lá. Mesmo proporcionando um crescimento gigantesco ao empreendimento, Kroc se transformou no pior sócio que os irmãos McDonald poderiam encontrar.

Depois desse filme, todos ficarão atentos ao negociar com qualquer pessoa. Principalmente, se essa negociação for sobre a venda da sua empresa.

2 – À procura da felicidade

Prepare os lencinhos, pois este filme é de emocionar. Ele conta a história de superação de Chris Gardner – interpretado por Will Smith – que com um filho para criar, usa todas as suas habilidades como vendedor para conseguir um emprego melhor, mas infelizmente só o que consegue é um estágio não remunerado.

Daí em diante ele precisa passar por muitas dificuldades financeiras, inclusive ser despejado, até finalmente conseguir o sucesso e abrir o seu próprio escritório. Se você precisa de uma grande história de superação, esse é o filme perfeito!

3 – Joy: o nome do sucesso

Esse sem dúvidas é para as mulheres se inspirarem! Baseado na história real de Joy Mangano, o filme retrata a perspectiva de uma mulher criativa desde pequena que enfrenta um caos familiar enquanto estrutura seu negócio.

Muitas vezes somos sabotados dentro da nossa própria casa, e este filme mostra porque é importante para todo empreendedor nunca desistir dos seus sonhos. Joy mostra que nem mesmo o ambiente destrutivo em que estava inserida conseguiu impedi-la de criar o seu próprio império.

 

Dicas anotadas? Agora é colocar em prática. Comece hoje mesmo a assistir e se inspirar. Afinal, não tem nada mais prazeroso que aliar conhecimento a entretenimento, não é mesmo?

Continue acompanhando o nosso blog. A Avanti sempre traz conteúdos relevantes para o mundo corporativo. Nossa missão é inspirar todos os empreendedores a alcançarem os seus objetivos de maneira estratégica e prática.

Você sabe o que é salário emocional?

O dinheiro não é a nossa única fonte de incentivo. Acompanhe exemplos de benefícios ligados ao salário de motivação emocional.

Uma coisa que talvez você não saiba sobre o mundo corporativo: o seu salário vai muito além da quantidade de dinheiro que entra na sua conta no final do mês.

Salários generosos sempre foram o principal meio utilizado pelas companhias para atrair e manter profissionais gabaritados. Quando a remuneração deixou de ser o único item avaliado pelas pessoas, as organizações passaram a oferecer uma série de benefícios adicionais, como auxílio em despesas médicas, creche para os filhos dos funcionários e subsídios em cursos de capacitação e qualificação, para citar os exemplos mais comuns. Hoje, no entanto, quem está no mercado quer mais do que simplesmente ganhar mais. É por isso que os gestores estão cada vez mais atentos ao chamado “salário emocional“.

Ao contrário de um salário comum, o salário emocional não é representado por uma cifra e nem está registrado em carteira. Trata-se, na verdade, de um conjunto de fatores emocionais e motivacionais que fazem com que as pessoas queiram permanecer em uma empresa. Por ser algo subjetivo, que varia de acordo com cada ambiente ou tipo de profissional, sua composição acaba sendo diferenciada.

A qualidade de vida no trabalho, um bom plano de carreira, um ambiente de trabalho amistoso, a comunicação interna adequada, tudo isso faz parte do seu salário emocional e atrai profissionais qualificados para a empresa.

Quanto maior o salário emocional recebido, mais alto o grau de satisfação do colaborador. E, como era de se imaginar, pessoas satisfeitas conseguem trabalhar com mais amor e oferecer melhores resultados.

A Avanti RH selecionou alguns exemplos de salário emocional que irão ajudar a entender na prática como essa estratégia funciona e como traz benefícios para a sua empresa.

 

Espaços de Lazer

Muitas empresas já entenderam a importância de programas de lazer que contribuam para a qualidade de vida de seus funcionários. Se a sua empresa oferece espaços de relaxamento, academia e atividades esportivas, essa é uma forma de salário emocional.

Planos de carreira

Todos nós temos como meta ocupar melhores posições na empresa, ter flexibilidade de horário, dar continuidade aos estudos e, principalmente, ter tempo para dedicar à família. Esses são pontos positivos nas empresas modernas e conectadas com as necessidades de seus colaboradores. Um bem que não é medido financeiramente.

Aprendizado

Ter a oportunidade de adquirir novos conhecimentos em eventos internos como cursos, palestras e workshops é um capital emocional importante.

 

Viu só como oferecer um salário emocional para os seus funcionários é a garantia de ter uma equipe motivada e que realmente “veste a camisa” da empresa? Invista nessa modalidade, com certeza você terá colaboradores motivados e produtivos.

Continue acompanhando o nosso blog. Por aqui, você sempre fica bem informado sobre o mundo corporativo, com dicas valiosas para o sucesso da sua empresa.

 

 

4 dicas essenciais de marketing digital para empresários

O marketing digital é a alma de qualquer empresa seja ela pequena, media ou grande, acompanhe os benefícios de investir em seu negócio.

A famosa frase, “quem não é visto, não é lembrado”, faz todo sentido nos dias de hoje. Especialmente em tempos de pandemia, em que empreendedores de diversos segmentos tiveram que se reinventar para sobreviver à crise instaurada no país.

Ter uma rede social esteticamente bonita vai além de somente fazer artes bem elaboradas, ter conteúdo e frequência é um dos pilares para que a sua empresa se torne conhecida, e consequentemente, angarie mais clientes.

Hoje, nós da Avanti RH, trouxemos um post especial com dicas incríveis para você empresário que precisa alavancar o seu negócio.

Vale lembrar que antes de sair fazendo ações por aí, é importante conhecer mais sobre o assunto e entender qual estratégia é mais eficaz para a sua empresa.

 

1 – Invista em marketing de conteúdo

As redes sociais aumentam o seu alcance cada vez mais. Facebook, Twitter, Instagram, entre outros nomes que já se disseminaram por diferentes públicos, vão além do entretenimento e começam a se tornar funcionais. Muitas pessoas buscam as redes sociais para entrar em contato com empresas e marcas, seja para adquirir um produto ou para esclarecer dúvidas e pendências. Portanto, marque sua presença nas redes e crie uma estratégia para monitorá-las, fazendo o atendimento dos seus clientes.

Gere conteúdo de valor, que acrescente em algo para o seu público. Compartilhe conhecimento de uma forma leve, respeitosa e sem nomenclaturas específicas da área!

2 – Crie um site e alimente um blog

Além de criar mais canais de comunicação com o seu consumidor, o blog é essencial para o seu posicionamento. Seja como um expert do assunto ou apenas para melhorar seu posicionamento nas buscas do Google, ter um blog vai ajudar muito suas estratégias de SEO (técnicas para “ranquear” a sua empresa no google). Já o site, continua sendo porta de entrada virtual da sua empresa. Criar um conteúdo relevante vai fazer sua página ser facilmente encontrada por quem procura aquilo que você tem a oferecer. Portanto, crie este espaço em seu site e alimente-o com frequência, aumentando assim o seu alcance.

3 – E-mail marketing

O e-mail é uma das principais ferramentas que as marcas vêm utilizando desde o crescimento da internet. Por algum tempo, muitas empresas ficaram receosas que o uso das mensagens eletrônicas pessoais fosse cair em desuso, mas ela ainda é uma das estratégias mais comuns. E mostra bons resultado.

O e-mail marketing é uma mensagem de conteúdo padronizado enviado a um grande lead de clientes, ou potenciais clientes, de uma única vez. É importante, entretanto, tomar cuidado para que essas mensagens não desagradem ao seu consumidor, seja pela frequência ou pelo conteúdo! Use sempre de parcimônia.

4 – Aposte em patrocinados

Essa modalidade de publicidade online ajuda a oferecer o seu link para os usuários da rede. Além de ser uma forma de divulgação do seu produto, ela possibilita a realização de alguma ação no link de destino. Seja uma compra, um vídeo promocional ou o preenchimento de um formulário, é possível criar uma finalidade de acordo com os seus objetivos, segmentando por idade, classe social, interesses, localidade, etc.

 

Viu só como é importante estar presente no meio digital nos dias de hoje? Muitas empresas sobreviveram em tempos de pandemia por investirem nessas plataformas. Essas são algumas das inúmeras possibilidades, converse com um profissional da área e entenda a melhor forma de divulgar a sua empresa.

Continue acompanhando o nosso blog. Por aqui, você sempre fica bem informado sobre o mundo corporativo, com dicas valiosas para o sucesso da sua empresa.

Controle financeiro: por que separar despesas da empresa e pessoais?

Misturar as despesas pode prejudicar o gerenciamento financeiro e até mesmo os resultados do negócio

Todo empresário tem um grande desafio quando o assunto é controle financeiro. Saber lidar com as contas de um negócio e, principalmente, não misturá-las com as pessoais é uma tarefa que precisa ser aprendida e uma habilidade a ser desenvolvida.

Muitos gestores não conseguem ter essa visão e acabam fazendo do caixa da empresa uma extensão da sua carteira ou conta bancária. Isso pode gerar um problema sério de gestão, que pode arruinar a saúde financeira de um negócio.

Hoje, nós da Avanti RH, vamos mostrar a importância dessa separação, bem como as formas de se fazer isso. Acompanhe!

 

Porque devo fazer a separação das despesas para o controle financeiro?

O controle financeiro de um negócio é realizado por meio de análises de suas entradas e saídas, ou seja, receitas, despesas e custos que ocorreram em um período, que, geralmente, é de um mês.

O empresário relaciona todos os gastos obtidos no mês em questão, em seguida, observa os pontos que podem ser cortados ou suprimidos, sempre com o objetivo de tornar a operação da empresa mais enxuta, no entanto, sem prejudicar o desenvolvimento das atividades.

Portanto, quando as contas da empresa estão misturadas com as pessoais, não há como fazer essa gestão e controle financeiro. Isso porque os relatórios de gastos estarão viciados, contendo despesas que não foram efetuadas pela empresa e, por consequência, não têm o menor vínculo com sua operação.

Agora que já sabe a importância de fazer a separação, confira dicas de como colocar em prática.

Estipule um valor mensal para retirada

Com base no fluxo de caixa, defina um valor para retirar por mês. Assim, você terá uma quantia estipulada para custear suas necessidades pessoais e familiares.

Vale lembrar que é necessário definir um valor que seja compatível com os lucros, mantendo a saúde da empresa em todos os aspectos financeiros.

Separe as contas

Para ter a separação mais organizada, é preciso que você também tenha contas bancárias separadas, sendo uma para uso pessoal e outra para a empresa. Desse modo, será mais fácil organizar as finanças e saber de onde tirar os valores quando for preciso fazer qualquer tipo de pagamento.

Evitar levar despesas pessoais para a empresa

O ideal é que você sequer leve as contas para a sua empresa. Isso também contribui para que não acabe ocorrendo alguma confusão e os documentos pessoais, mesmo que pagos, sejam juntados aos da empresa e enviados à sua contabilidade. Deixe ambos muito bem separados!

 

Viu só a importância de manter as duas finanças separadas para o sucesso da sua empresa? Fique ligado no Blog da Avanti RH, por aqui sempre terá boas dicas sobre o mundo corporativo.